O mercado das placas gráficas encontra-se numa espécie de Twilight Zone. Elas existem, há novos modelos, parecem inacessíveis tanto ao nível de stock como ao nível de preços, que são altíssimos até mesmo pelos revendedores.

Com apenas duas grandes marcas a produzirem GPUs, a AMD e a NVIDIA, a segunda revela-se a mais popular (como podemos ver nos inquéritos de Hardware da Steam), por ter sido mais consistente no lançamento de novos modelos e revisões, mas esta “geração” as coisas prometem mudar.

Com a série RX 6000, a AMD entra em jogo com um novo leque de placas, com a mesma arquitetura das consolas da nova geração, prometendo assim ser um novo player a ter em conta para quem procura construir um PC apto para correr os jogos mais recentes com bom desempenho durante muito tempo.


Para ver a análise completa feita pelo nosso parceiro Future Behind, clique aqui.